Guerra do Ultramar: Angola, Guiné e Moçambique Automobilia Ibérica - Histórico Automóvel Clube de Entre Tejo e Sado (HACETS)

Início O Autor História A Viagem Moçambique Livros Notícias Procura Encontros Imagens Mailing List Ligações Mapa do Site

Angola - Homenagem de António Valentim

"Como Alhandrense que sou, e por ter orgulho de lá ter vivido até á minha ida para a serviço militar, quero-vos aqui deixar esta pequena recordação do homem que a maior parte dos meus conterrâneos certamente ainda se recordarão mas poucos saberão quem foi, mas a história de ALHANDRA,felizmente não deixou apagar.

Quem não se recorda do vendedor de "cautelas e borda d`água"."

 Partilhar

Henrique Lamas

HENRIQUE LAMAS

(Henrique Manuel da Torre Negra)

1893 / 1983

 

Soldado condecorado por se ter distinguido na batalha de Naulila (18/12/1914) ao sul de Angola.

Sócio fundador da Sociedade de Língua Portuguesa e da Associação Portuguesa de Esperanto.

Poeta laureado, prosador e comentador da Obra de Camões, em que se distingue pelo seu estudo: «O Maior Erro de Todas as Edições de OS LUSÍADAS».
Obras:

 

"A Rota das Naus da Índia" - 1935
"Ilha dos Amores" - 1938
"O Maior Erro de todas as Edições de OS LUSÍADAS" - 1938
"Um Epinício de OS LUSÍADAS" (Opúsculo) - 1965
"Esperanta - Renkotigô" (Folheto)

 

O Museu de Alhandra tem a sua obra completa e ainda grande parte do seu rico espólio.

 

 

Angola - Batalha de Naulila

 

Sob o comando de Alves Roçadas, foi enviado para Angola uma força expedicionária de 1600 homens, em Outubro de 1914.

 

Na fronteira sul, após um ataque alemão ao posto fronteiriço de Cuangar, as tropas portuguesas tentaram expulsar os alemães do território, mas em Dezembro de 1914, foram derrotadas em Naulila (Desastre de Naulila), tendo que recuar para Humbe. As tropas alemães também retiraram mas, em simultâneo, as populações locais acabaram por se revoltar contra a soberania portuguesa.

 

O governo português, devido à revolta local, teve de enviar da Metrópole mais 397 oficiais e 12043 praças e de Moçambique enviou mais 2 companhias landins.

 

 

 

 

in: http://pt.wikipedia.org/wiki/Portugal_na_Primeira_Guerra_Mundial

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Voltar ao topo